Especiais | PDA
Newsletter
LOJAS:  Decoradores e Designers | Sofás | Mobiliario de Decoração

 
Fórum > Dicas prà troca > TópicoBem-vindo! Login Criar um novo perfil
Pesquisa:
Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
Enviada por pauloms 
Fóruns Lista de mensagens Novo tópico
Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
22 de Novembro de 2008 às 04:10
Olá a todos,

Ando metido em trabalhos, mas pelo menos dos bons... Como sou muito teimoso e forreta, decidi que seria eu que trataria de recuperar as janelas de uma casa antiga que comprei e que está em restauros. Isto porque, para além do preço exorbitante pelo qual me orçamentaram o trabalho, também sei que é muito difícil arranjar quem efectivamente saiba verdadeiramente do assunto para que o serviço fique bem feito e por um bom tempo (pelo menos 5-7 anos, dependendo do tratamento).

A coisa é a seguinte. Já li muita coisa sobre a teoria dos restauros de janelas em madeira mas existem algumas contradições que gostaria de esclarecer com quem já efectivamente restaurou e verificou o bom resultado do seu esforço. Isto porque o que há mais é exemplos de janelas de madeira pintadas que passado pouco mais de 1 ano já estão com o esmalte empolado.

A minha primeira dúvida é qual o tipo de produto a aplicar nas janelas. Se esmalte ou se algo do tipo do Lasur da Cin que embora seja menos resistente, a sua reaplicação é mais fácil. Para mim, o que interessa é fundamentalmente, para além do custo, é a durabilidade e a facilidade de reaplicação para a manutenção periódica.

No caso de seguir para o esmalte, quantas demãos são realmente aconselhadas? Pergunto isto porque um suposto especialista disse-me que no exterior a janela não devia levar mais do que uma demão de primário e uma de esmalte, pois quanto mais espessa essa camada fosse, mais rapidamente iria "partir" e empolar. Por dentro deveria levar uma demão de primário e duas de esmalte.

Por fim, como devo colocar vidros novos em todas as janelas pois os originais têm 2,5-3 mm de espessura e embora um único vidro de 5 mm não faça as vezes de um vidro duplo, creio que sempre será melhor. A minha dúvida é se deva aplicar massa tradicional de vidreiro para suporte ou se opto antes por aplicar silicone próprio.

Fico a aguardar pelas vossas opiniões.

Abraço
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
23 de Novembro de 2008 às 07:22
Boa noite,

A melhor maneira de recuperar janelas antigas é troca-las por novas! Mas como diz que é teimoso e forreta vá tentando recuperar da melhor maneira que sabe já que não quer pagar o justo valor a quem já aprendeu.

A informação profissional tem um preço. Na sua profissão deve ser assim.

Cumprimentos.
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
23 de Novembro de 2008 às 09:31
Citação:
N_Oliveira
Boa noite,
A melhor maneira de recuperar janelas antigas é troca-las por novas! Mas como diz que é teimoso e forreta vá tentando recuperar da melhor maneira que sabe já que não quer pagar o justo valor a quem já aprendeu.

A informação profissional tem um preço. Na sua profissão deve ser assim.

Cumprimentos.

Achei o seu comentário um tanto infeliz pois há uma diferença entre usar a informação para concorrência e outra para quem quer trabalhar e não pode pagar a quem lhe faça o trabalho...

Cumprimentos
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
23 de Novembro de 2008 às 11:25
Tenho vindo a acompanhar as suas aventuras na recuperação da sua casa.
Não fiz nenhum comentário anteriormente,mas já estive quase....hoje aqui vai!
Recuperar é sempre um trabalho moroso, dispendioso, e sobretudo de paciência, muita paciência e árduo trabalho físico.
E o meu primeiro comentário talvez seja um pouco agressivo mas tenho de dizer que considero uma enorme estupidez abdicar da recuperação de materiais antigos só para poupar algum dinheiro e algum tempo.
Se se pode executar o trabalho ou dar a executar, mais vale recuperar. E há que compreender que nem toda a gente pode dar o trabalho a fazer, mas não é por isso que não deve ser ajudada...
Manter os materiais originais quando estes apresentam boas condições, caracteristicas e possibilidades de recuperação, é sobretudo manter o carácter do edifício e a sua originalidade. Cada vez mais a antiguidade é uma caracteristica de distinção.
As madeiras antigas desde que sejam devidamente protegidas e mantidas, duram vidas.
Hoje em dia, infelizmente cada vez mais se opina acerca da substituição de materiais antigos por novos, tantas vezes sacrificando o previlégio de manter uma traça, um estilo e até o espirito da coisa. E ás vezes, também, a qualidade.
Substituir velho por novo não quer dizer que seja para melhor.
Mas tudo tem de ser mantido em boas condições! Isso implica trabalho, mas como diz o ditado "não se pode ter tudo por cinco tostões".
A primeira questão é a qualidade das matérias primas para a manutenção. Existem imensos preconceitos e ideias feitas absolutamente erradas acerca de tintas e vernizes.
Claro que o ideal é usar produtos de marcas reconhecidas, com credibilidade e apoio técnico.
Estes materiais, actualmente não têm nada a ver com os de há anos atrás.
As tintas são maioritáriamente de base aquosa, os vernizes têm caracteristicas de flexibilidade e resistência que não tinham antigamente. Os acrilicos são tem novas caracteristicas de brilho, resistência, durabilidade...
Muitos progressos tecnológicos têm sido feitos e muito tem mudado.
Mantêm-se no entanto muita ignorância acerca das novas potencialidades destes materiais. A legislação actual para tintas e vernizes é rigorosa e as exigências de mercado fazem com que haja documentação disponivel para que se possa avaliar as qualidades técnicas de cada produto.
Sugiro-lhe o seguinte: contacte directamente a CIN. Eles tem um departamento comercial muito solícito e concerteza que conseguirá que eles o esclareçam quanto ás soluções mais adequadas para o seu caso.
Apesar de nas lojas CIN haver pessoal especializado e com conhecimentos sobre os produtos, talvez uma conversa com um dos engenheiros ou técnico da CIN lhe possa trazer a "luz" que procura.
Uma coisa é uma opinião, á qual todos temos direito, outra é um esclarecimento técnico e baseado em estudos e dados científicos. Até quanto ao número de demãos.... mas uma coisa lhe garanto: não é por causa do número de demãos que o material vai empolar e partir. Isso, a acontecer, é por falta de qualidade do trabalho e do produto.
Se não conseguir que na CIN lhe respondam ás suas dúvidas, diga-me p.f., que eu ajudo.
Quanto á massa de vidraceiro versus silicone a principal razão que leva a decidir pelo silicone é obvia: a massa resseca com o tempo e quebra enquanto que o silicone veda perfeitamente, é flexivel e muito resistente.

Espero ter sido útil, mas sobretudo espero que a sua casa fique fantástica.


Mª Fernanda Duarte
Profissional de Decoração de Interiores
mfernandaduarte@hotmail.com
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
24 de Novembro de 2008 às 01:29
Obrigado pelos seus comentários,

Vou contactar o departamento técnico da Cin e da Robbialac para a expor a situação e ouvir soluções.

No seu entender, será má ideia avançar com a aplicação de uma tinta natural e feita à medida com base em óleo de linhaça, secante e pigmentos de cor, com a aplicação de uma última demão de óleo de teca para maior protecção?

Cumprimentos
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
24 de Novembro de 2008 às 03:08
Sugiro-lhe que procure a solução com maiores e melhores garantias.
Em primeiro lugar não existem soluções eternas, (a não ser a que a obvia e que para aqui não é chamada), o que quer dizer que mais tarde ou mais cedo vai ser necessário fazer manutenção.
Assim sendo, questione, não só sobre os prazos de manutenção, mas também quanto aos custos futuros e também quanto á forma de a pôr em prática.
Não se esqueça que os pigmentos naturais oxidam, descoloram-se, alteram-se com o passar do tempo e poderão tornar-se complicados de manter, principalmente no exterior de uma casa.
Claro que se o que pretende é usar o efeito do passar do tempo como efeito decorativo, é algo a considerar....

Aconselho-o a investigar um pouco antes de decidir. E não avance com nada sem ter a certeza do que pretende obter. Se mudar de ideias poderá estar a deitar dinheiro fora.

Cumprimentos

Mª Fernanda
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
25 de Novembro de 2008 às 05:59
Pois, já liguei para a Cin e para a Robbialac.

A opinião é mais ou menos unânime. Os esmaltes sintéticos normais duram sem necessidade de manutenção 3 anos em média, se a coisa tiver sido bem feita.

Por outro lado, em termos de facilidade de aplicação e manutenção as gamas de vernizes transcolores de ambas as empresas apresentam-se como uma boa solução, pois são muito fáceis de reaplicar e não exigem primários e subcapas na aplicação original. No entanto, é necessário que a madeira esteja perfeitamente decapada, o que vai dar um trabalho do caraças....moody smiley

Agora vou analisar in loco os efeitos destes vernizes em ambas as empresas e comparar preços e as fichas técnicas.

Abraço
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
25 de Novembro de 2008 às 06:21
Pois é, não há milagres nem se pode ter tudo por cinco tostões!
Decapar pode dar-lhe muito que fazer agora mas envernizar, a médio e longo prazo, claramente é a solução que compensa.
Fico contente que tenha contactado as duas marcas de maior representatividade no nosso país.
É com a CIN e Robbialac que a minha equipa trabalha e os resultados são sempre fiáveis.

Cumprimentos,

Mª Fernanda Duarte
Profissinal de Decoração de Interiores
mfernandaduarte@hotmail.com
Re: Toda a Verdade sobre a Recuperação de Janelas Antigas em Madeira!!!
30 de Novembro de 2008 às 02:47
Dando continuação à "estória".

Comprei um soprador de razoável/boa qualidade, para além da máscara de duplo filtro (os filtros já estão um pouco sujos...), óculos de protecção e luvas que já tinha. No dia a seguir pus mãos à obra!

O trabalho com o soprador nas partes onde o esmalte está muito agarrado é sem dúvida muito mais rápido e fácil. As zonas não tão produtivas são as partes curvas, mas mais por culpa de não ter uma ferramenta de raspagem com a forma adequada.

Dentro de algumas semanas espero ter o trabalho mais ou menos avançado e espero colocar algumas fotos do andamento.

Abraço
Apenas os utilizadores registados podem enviar mensagens para este fórum.

Clique aqui para entrar

Utilizadores ligados

Visitantes: 8

Máximo de utilizadores: 3 em 07 de Agosto de 2014
Máximo de visitantes: 311 em 29 de Outubro de 2013


Anunciar on-line | Assinaturas | Contactos | Notícias por RSS | Promoções | Serviços Móveis Record | Serviços Móveis CM
ADSL.XL | Classificados | Emprego | Directórios | Jogos | Horóscopo | Tempo

Copyright ©. Todos os direitos reservados. É expressamente proíbida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Edirevistas, S.A. , uma empresa Cofina Media - Grupo Cofina.
Consulte as condições legais de utilização.